• Brasil | Alterar site
  • Contact
  • Add to My Content
  • Share

24/11/2015  Düsseldorf / Alemanha

Kasper Rorsted anuncia um ambicioso acordo global na Conferência sobre o Clima da ONU

A Henkel assina o Compromisso dos CEOs para a Ação Climática

A Henkel anunciou hoje que assinou o documento “CEO Climate Leaders pledge” - uma carta aberta assinada pelos diretores de 78 empresas globais - que solicita aos líderes mundiais que "cumpram um ambicioso acordo climático" na Conferência das Partes (COP21) em París.

Os CEOs signatários - cujas empresas representam, coletivamente, um total de US$ 2.130 trilhões em receitas - argumentam que a ação climática "gerará emprego e crescimento", tanto nos mercados maduros quanto nos emergentes. A declaração completa pode ser lida no link http://wef.ch/climateletter.

"Assinamos esta declaração para declarar nosso apoio a um forte acordo climático universal em Paris que ajudará a impulsionar o mundo para uma economia de baixo carbono", disse o CEO da Henkel, Kasper Rorsted. "Também queremos afirmar nosso compromisso de reduzir as emissões de CO2, tanto em nossas operações como na colaboração com nossos parceiros ao longo da cadeia de valor. A gestão de riscos climáticos e sua incorporação na tomada de decisões não só leva à eficiência energética, mas também oferece grandes oportunidades de crescimento."

Os CEO Climate Leaders esperam aproveitar o impulso gerado recentemente pelos compromissos de mais de 160 países - incluindo os EUA e China - para destacar o fato de que os governos têm o apoio da indústria para tomar medidas decisivas contra a mudança climática.

Contribuição da Henkel para os objetivos climáticos

Energia e clima são parte integrante do “Fator 3”da Estratégia de Sustentabilidade da Henkel, cujo objetivo é ser três vezes mais eficiente em 2030. O foco da Henkel é o uso eficiente de energia, reduzindo o consumo de suas operações em todo o mundo e evitando a emissão de gases de efeito estufa. Na década entre 2004 e 2014, a empresa reduziu o consumo de energia em 46% e reduziu as emissões de CO2 em cerca de 42%. Como parte de seus objetivos intermediários para o período de cinco anos entre 2011 e 2015, a Henkel teve como objetivo reduzir o consumo de energia - e as emissões de CO2 relacionadas - em 15% por unidade de produção. A empresa já alcançou este objetivo em 2014, melhorando seu consumo de energia em 20%. Em 25 de fevereiro de 2016, serão publicados os novos e ambiciosos objetivos para o período de 2016 a 2020.