28/01/2021  São Paulo

Com a intenção de diminuir a poluição plástica e preservar o meio ambiente, fabricantes buscam opções recicláveis

Henkel aumenta em mais de 2 dígitos produção de adesivos para utensílios de papel

A Henkel, líder em tecnologias adesivas de alta performance, registrou um crescimento de mais de 2 dígitos na produção de adesivos para fabricação de diferentes utensílios de papel, em 2020. A alta demanda se dá pela intenção de diminuir a poluição plástica, preservar o meio ambiente e atender às necessidades das fabricantes dos setores de embalagens e alimentos, que buscam opções sustentáveis e de qualidade. Em um cenário crescente, a perspectiva para este ano é registrar um crescimento igual ou superior na produção de soluções adesivas para itens de papel, em comparação ao ano passado.

Atualmente, a companhia conta com vários clientes localizados em diferentes cidades do Brasil, que estão focados na substituição do plástico pelo papel, especialmente na produção de canudos, copos e embalagens flexíveis. Neste ano, as indústrias parceiras devem ampliar sua produção para outros itens, como mexedores para café, pazinha de sorvete e potes para molhos.

Com as soluções das linhas Aquence e Loctite Liofol, fabricadas localmente e também importadas de outras unidades da companhia localizadas na Europa e nos Estados Unidos, a Henkel está preparada para atender a demanda e o crescimento do mercado. As soluções foram desenvolvidas com alta tecnologia para ser resistentes a diferentes tipos de líquidos e temperaturas durante o uso, além de atender às rígidas normas de segurança alimentar, estabelecidas pela comunidade Europeia, FDA (Food and Drug Administration), Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e outros órgãos regulatórios.

“A Henkel está sempre preocupada com os impactos ambientais, além de acompanhar as tendências e necessidades de diferentes mercados. Estamos em um momento crescente, pois muitas embalagens serão substituídas por papel ao longo dos próximos anos. Com isso, estamos constantemente inovando e desenvolvendo novos produtos com o nosso time de Pesquisa & Desenvolvimento. O processo de evolução é contínuo”, explica Jeferson Segantini, Head de Negócios de Embalagens Flexíveis da Henkel para América Latina Sul.

Por um meio ambiente melhor

Sustentabilidade é um dos pilares da Henkel globalmente. Há anos a multinacional alemã vem desenvolvendo soluções e realizando iniciativas cada vez mais sustentáveis. Quando se trata de tecnologias adesivas para os setores de alimentos e embalagens, a companhia definiu três frentes para atuar de forma que crie valor e, ao mesmo tempo, reduza sua pegada no meio ambiente e atinja suas metas para os próximos anos: redução de CO2 e economia de energia; economia circular; e saúde e segurança. Isso exige oferecer um portfólio inovador e alinhado às necessidades dos clientes e do mercado, investir em pesquisa de mercado e tendências, avaliar métodos de fabricação, materiais utilizados e os processos para descarte, entre outros aspectos.

Leis que proíbem o fornecimento de utensílios plásticos

Além da preocupação das empresas em reduzir a poluição plástica e contribuir para o meio ambiente, algumas cidades e estados proibiram o uso de utensílios plásticos. Na cidade de São Paulo, a lei municipal nº 17.261, de 13 de janeiro de 2020, proíbe estabelecimentos comerciais de fornecer aos clientes copos, pratos, talheres, agitadores para bebidas e varas para balões de plásticos descartáveis. A regra passou a valer a partir do dia 1° de janeiro deste ano.

No final de outubro de 2020, o Governo do Amazonas também sancionou a lei que proíbe o fornecimento de canudos feitos com material plástico em estabelecimentos comerciais e órgãos públicos no estado