21/10/2021

Mercado de trabalho de construção civil ganhou mais de 200 mil novos profissionais neste ano. Soluções com melhor performance otimizam serviços de reformas

Setor aquecido e novas tecnologias: razões para celebrar o Dia da Construção Civil

O profissional de obra, como os pedreiros, carpinteiros e eletricistas, tem motivos para celebrar o dia 26 de outubro, quando se comemora o Dia do trabalhador da Construção Civil, data tão relevante que o marco foi instituído por lei em São Paulo e no Rio de Janeiro. O mercado de trabalho voltado a reformas em geral apresentou crescimento em plena pandemia e segue apresentando marcas importantes.   

Segundo dados do Ministério do Trabalho e Previdência, mais de 200 mil novos empregos celetistas foram preenchidos na construção civil do início do ano até agosto, na contramão de outros setores do mercado de trabalho que sofreram com as demissões. Em todos os meses de 2021 houve mais admissão do que demissão nessa área. Outro estudo interessante, desta vez feito pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), diz que o nível médio de atividade da Construção no 2º trimestre/21 é o melhor desde 2012.

A necessidade de isolamento social nos meses iniciais da pandemia contribuiu para a aceleração do setor de construção civil. Com mais tempo em casa, as pessoas priorizaram as reformas domésticas para ter um ambiente mais confortável, acolhedor e que atenda às necessidades de home office e estudo à distância para si e/ou sua família. Além disso, diferentemente de outros setores, o mercado da construção não parou em nenhum momento durante a crise sanitária, pois é uma atividade considerada essencial.

“O mercado aquecido da construção nesse momento complexo contribuiu para a manutenção de muitos empregos diretos e indiretos, por exemplo, nas indústrias de insumos como a Henkel. A companhia não registrou demissões por conta da pandemia e também manteve os salários sem nenhuma redução nesse período. Para a marca Cascola, em especial, houve crescimento na procura por adesivos de montagem, selantes e silicones, com um incremento de mais de 10% no fechamento do 2020 em relação a 2019 e mais de 20% até agora comparando as vendas de janeiro até agosto de 2020 e 2021”, conta Vitor Cybis, gerente de marketing da Cascola, marca de adesivos profissionais para reformas e construções da Henkel.

Tecnologias que auxiliam na reforma

O profissional da construção civil atualmente dispõe de tecnologias que geram melhor acabamento e maior performance e durabilidade. A utilização de produtos de alta tecnologia otimiza o serviço do profissional, com maior credibilidade, evitando retrabalho.
 
Algumas soluções adesivas permitem, por exemplo, a instalação sem a necessidade de pregos, parafusos e porcas, além de suportarem materiais pesados, trazem agilidade no serviço do profissional e menos sujeira para o cliente limpar após o trabalho concluído.

“O ramo da construção civil envolve muito mais do que o desenvolvimento de tecnologias que tragam máxima performance e durabilidade dos serviços. As soluções devem também proporcionar segurança ao profissional para execução de serviços e ao consumidor para ter confiança de um ambiente seguro, seja para uso doméstico ou comercial. A Cascola, por exemplo, foi pioneira ao oferecer ao mercado a cola de contato sem toluol, sem riscos à saúde do trabalhador com a mesma eficiência adesiva”, conta Cybis.

Uma outra solução que ajuda na facilidade de aplicação e resultado duradouro do serviço é o silicone 100% que não encolhe e resiste aos agentes climáticos. A linha Flexite conta com opções de selantes à base de borracha de silicone com cura acética, que podem ser aplicadas para vedação em banheiros e pias, e de cura neutra para materiais sensíveis como pedras e metais, sendo aplicado em pias, portas e janelas metálicas sem agredir as superfícies e/ou causar oxidação.

Para a construção civil na área industrial, um produto interessante é o Loctite Purebond, uma linha de adesivos voltada para madeiras processadas sem solventes orgânicos voláteis, prejudiciais ao meio ambiente. As soluções podem ser aplicadas em colagem lateral e de face de madeira de engenharia, assim como em laminação de painéis.